Secretário inaugura laboratórios do projeto ‘InovAção Lab’

Salas da E.E. Caramuru e da Diretoria de Ensino Leste 5 aproximam cultura digital de alunos e educadores da região

Nesta sexta-feira (21), o secretário de Estado da Educação João Cury participou da inauguração da Espaço Lab na E.E. Caramuru, na zona Leste da capital paulista. Durante o evento, também foi descerrada a placa do Espaço Inovação EDULAB da Diretoria de Ensino Leste 5.

Os dois ambientes integram o programa piloto da pasta InovAção Lab, que procura ressignificar salas de informáticas de unidades de ensino da rede. O intuito é garantir um espaço inovador para promover a cultura digital dos estudantes.

“Isso é muito rico, pois é feito através do diálogo com alunos, gestores, educadores, parceiros e organizações públicas. Essa construção coletiva é fundamental para transformar a educação do nosso Estado”, disse Cury.

Com a inauguração dessas duas salas e mais o EDULAB SP da EFAP, a rede passa a contar com três espaços-referência de inovação que conceitualmente não se restringe à modernização de equipamentos, mas se pauta, ainda mais fortemente, na inovação pedagógica.

Os três laboratórios do InovAção Lab, dessa forma, contêm mobiliário diferenciado e equipamentos de última geração, como lousa digital, impressora 3D, equipamentos de videoconferência, webconferência, entre outros.

InovAção Lab na E.E. Caramuru

A E.E. Caramuru foi a escolhida para abrigar a nova sala por abrigar uma sinergia entre a comunidade escolar, entre professores, funcionários, gestores e estudantes. A unidade de Ensino Fundamental Anos Finais e Ensino Médio atende 550 alunos e 37 docentes, incluindo diretor e vice.

“Esse laboratório veio para inovar a educação da nossa escola”, comentou a diretora da unidade, Sônia Pereira. Segundo ela, o Grêmio Estudantil foi o grande responsável por intermediar a implementação do projeto na unidade.

O Grêmio Ação Jovem ajudou na validação do modelo e deu sugestões de recursos digitais para compor a sala. Além disso, participaram de todas as reuniões de planejamento do local.

“Temos que tornar a escola um lugar onde o aluno se sinta bem. Esse laboratório vai ser muito bom para todos, porque vamos ter contato com novas tecnologias”, afirmou o aluno e presidente da equipe gremista, Derek Melo.

O investimento de mais de R$32 mil na elaboração do projeto, no entanto, não contempla apenas a inclusão e alfabetização digital desses alunos. Mais do que isso, essa iniciativa é fundamental para colocar em prática o protagonismo jovem, proposta tão estimulada pela Secretaria nos últimos anos.

“A escola que queremos só será construída pelas pessoas que estão aqui dentro. Parabéns a todos e que vocês aproveitem essa oportunidade”, enfatizou Sônia Brancaglion, membro da equipe responsável pelos Grêmios da pasta.

EDULAB na Leste 5

O laboratório de Inovação EDULAB da Diretoria de Ensino Leste 5 é composto por uma sala de informática e uma sala da Rede do Saber. A ideia é que os dois ambientes sejam utilizados conjuntamente para formação dos educadores das escolas da região.

Assim como na Caramuru, o laboratório foi remodelado para possibilitar uma abordagem mais ativa de aprendizagem. A adequação desta sala também somou mais de R$32 mil de investimento.

A avaliação desses processos de implantação e dos resultados, portanto, guiará sua adequação à realidade e uma a possível expansão a toda a rede estadual.

Disponível em: http://www.educacao.sp.gov.br/noticia/secretario-inaugura-laboratorios-projeto-inovacao-lab/

 

 

 

 

EE Wolny de Carvalho Ramos – Cultura Ensina – The Flying Pirates – Caminhão Show de Trapezistas

PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA

PROGRAMA CULTURA ENSINA

EE Wolny de Carvalho Ramos

The Flying Pirates – Caminhão Show de Trapezistas

 

 

 

 

EE Wolny de Carvalho Ramos – Cultura Ensina

EE Wolny de Carvalho Ramos – Cultura Ensina – Teatro: “A ESTRADA DE WOLOKOLAMSK” – Visualize as fotos

EE Wolny de Carvalho Ramos – Cultura Ensina – The Flying Pirates – Caminhão Show de Trapezistas – Visualize as fotos

 

 

 

 

 

 

EE Wolny de Carvalho Ramos – Cultura Ensina – Teatro: “A ESTRADA DE WOLOKOLAMSK”

PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA

PROGRAMA CULTURA ENSINA

EE Wolny de Carvalho Ramos – Teatro: “A ESTRADA DE WOLOKOLAMSK”

 

 

 

 

EE Domingos Faustino Sarmiento – Cultura Ensina – “A Fantástica Trupe em a Princesa Engasgada…”

Programa Escola da Família

Programa Cultura Ensina

 EE Domingos Faustino Sarmiento – “A Fantástica Trupe em a Princesa Engasgada…”

 

 

 

EE José Chediak – Cultura Ensina – Muralismo e Arte Urbana

Programa Escola da Família

Programa Cultura Ensina

EE José Chediak – Muralismo e Arte Urbana. Atividade desenvolvida pelo Artista Plástico Vander Guedes.

 

 

 

 

EE José Chediak – Cultura Ensina – Ballet Stagium – Coisas do Brasil

 

 

EE José Chediak – Cultura Ensina

EE José Chediak – Ballet Stagium – Coisas do Brasil – Visualize as fotos

EE José Chediak – Muralismo e Arte Urbana – Visualize as fotos

 

 

 

Escola da Família – Terceira Idade

“Escola da Família: Espaço da Paz.”

 

Terceira Idade – Atividades desenvolvidas em unidades escolares jurisdicionadas à Diretoria de Ensino Leste 5.

Atendendo a pasta Ação Saber Cuidar – Terceira Idade do calendário do Programa Escola da Família no eixo saúde, a Coordenação Regional orientou a equipe assistir a videoconferência e os vídeos sugeridos pela Coordenação Geral, depois realizamos o plano das ações que seriam desenvolvidas pelas escolas. 21 e 22 de julho.

   Envelhecer
Albert Camus

 “Envelhecer é o único meio de viver muito tempo.

A idade madura é aquela na qual ainda se é jovem, porém com muito mais esforço.

O que mais me atormenta em relação às tolices de minha juventude, não é havê-las cometido…é sim não poder voltar a cometê-las.

Envelhecer é passar da paixão para a compaixão.

Muitas pessoas não chegam aos oitenta porque perdem muito tempo tentando ficar nos quarenta.

Aos vinte anos reina o desejo, aos trinta reina a razão, aos quarenta o juízo.

O que não é belo aos vinte, forte aos trinta, rico aos quarenta, nem sábio aos cinquenta, nunca será nem belo, nem forte, nem rico, nem sábio…

Quando se passa dos sessenta, são poucas as coisas que nos parecem absurdas.

Os jovens pensam que os velhos são bobos; os velhos sabem que os jovens o são.

A maturidade do homem é voltar a encontrar a serenidade como aquela que se usufruía quando se era menino.

Nada passa mais depressa que os anos.

Quando era jovem dizia:

“verás quando tiver cinqüenta anos”.

Tenho cinqüenta anos e não estou vendo nada.

Nos olhos dos jovens arde a chama, nos olhos dos velhos brilha a luz.

A iniciativa da juventude vale tanto a experiência dos velhos.

Sempre há um menino em todos os homens.

A cada idade lhe cai bem uma conduta diferente.

Os jovens andam em grupo, os adultos em pares e os velhos andam sós.

Feliz é quem foi jovem em sua juventude e feliz é quem foi sábio em sua velhice.

Todos desejamos chegar à velhice e todos negamos que tenhamos chegado.

Não entendo isso dos anos: que, todavia, é bom vivê-los, mas não tê-los.”

 

Ações realizadas

 Chá com a melhor idade; movimentando o corpo com a Educadora Universitária Vanessa; Roda de Conversa com o tema: “O que faço para ser feliz?”; dança de roda com a Vice-Diretora Professora Karlla Teixeira; ensaio canto coral com a todos da comunidade participante – música: “O Cirandeiro”.


Cirandeiro
Cantigas Populares

 Cirandeiro, cirandeiro ó
A pedra do teu anel brilha mais do que o sol

 Mandei fazer uma casa de farinha bem maneirinha que o vento possa levar
Oi passa o sol oi passa a chuva, oi passa o vento
Só não passa o movimento do cirandeiro a rodar

 

Registros Fotográficos

Dança, alongamento e canto.
Evento: Melhor idade

 

 

COORDENAÇÃO REGIONAL DO PEF 

Denys Munhoz Marsiglia
Dirigente Regional de Ensino

Ricardo Pereira
Supervisor de Ensino 

Érica do Espírito Santo
   PCNP de Projetos Especiais

COORDENAÇÕES LOCAIS DO PEF

EE Benedita Ribas
EE Caramuru
EE Domingos Faustino Sarmiento
EE Heróis da FEB
EE Joaquim Braga
EE José Chediak
EE Maria da Glória Costa e Silva
EE Santos Amaro da Cruz
EE Wolny de Carvalho Ramos

 

 

 

 

Programa Escola da Família – Dia Internacional do Voluntário

 

No dia 05 de dezembro é comemorado o Dia Internacional do Voluntário. E aconteceu no dia 02 de Dezembro, sábado, um momento especial nas escolas do Programa Escola da Família para celebrar a data e homenagear os Voluntários.

Sobre o Programa Escola da Família

Desde 2003, o programa Escola da Família aproxima sociedade e escola promovendo a integração de crianças, jovens, adultos e idosos com um trabalho que sociabiliza, diverte e educa. Por meio do programa, as unidades escolares da rede pública são abertas aos sábados e domingos para a comunidade, para a realização de atividades voltadas ao esporte, à cultura, à saúde e ao trabalho.

As atividades são promovidas com o auxílio de profissionais da Educação, voluntários e educadores universitários e tem o objetivo de estimular as unidades de ensino públicas estaduais a abrirem seus espaços para a comunidade aos finais de semana.

Exposição de Fotos das Escolas do Programa Escola da Família

EE Heróis da FEB

 

EE Joaquim Braga de Paula

 

EE Domingos Faustino Sarmiento

 

EE Professor Santos Amaro da Cruz


 

EE José Chediak



 

EE Wolny de Carvalho Ramos