Prevenção Também se Ensina

Prevenção Também se Ensina e Comunidade Presente

Prevenção às DST, HIV e AIDS

Convivemos com o HIV já faz cerca de 30 anos. E, nesse tempo todo, passamos pela fase do medo da doença e das pessoas que se infectaram pelo vírus. Passamos por momentos em que se acreditava haver um “grupo de risco” ou um “comportamento de risco” que fazia com que muitos de nós nos acreditássemos livres do contágio pelo HIV.

E essa vulnerabilidade tanto poderia ocorrer devido às características individuais das pessoas como pela forma como nossa sociedade e nossa cultura valoriza determinadas normas de gênero ou se temos acesso à informação, aos serviços de saúde e aos insumos de prevenção.

Atualmente, pelos boletins epidemiológicos emitidos pelo CRT – DST/Aids da Secretaria Estadual da Saúde, já é possível perceber a queda dos números da aids em todo o Estado. No entanto, isso não significa que já não precisamos nos preocupar tanto com o HIV e as outras doenças sexualmente transmissíveis. Ao contrário!

Adolescentes e jovens são considerados uma das populações mais vulneráveis pela infecção pelo HIV e o adoecimento pela aids pois, de acordo com o psiquiatra Jairo Bouer, “houve uma banalização da doença, talvez por um afastamento dos períodos mais críticos da epidemia, da chegada de tratamentos mais eficazes ou, ainda, do uso da profilaxia (prevenção) com remédios em alguns casos especiais. Mas a história está longe de ser resolvida.

Texto extraído do livro Projetos Comunidade Presente e Prevenção Também se Ensina sugestões de atividades preventivas para HTPC e sala de aula. [ Pág. 49-50]

Disponível em: https://www.fde.sp.gov.br/PagePublic/Interna.aspx?codigoMenu=183

Acesso em: 24 de março de 2018.

Escolas Participantes

Benedita Ribas – Clique Aqui

Caramuru – Clique Aqui

Joaquim Braga – Clique Aqui

Maria da Glória – Clique Aqui

Santos Amaro – Clique Aqui

Wolny de Carvalho – Clique Aqui